gr_compnac_tec (94)c4M.png
gr_compnac_tec (69)v2.png
gr_compnac_tec (72)v2.png
gr_compnac_tec (76)v2.png
gr_compnac_tec (78)v2.png
gr_compnac_tec (81)v2.png
gr_compnac_tec (84)v2.png
gr_compnac_tec (8)00.png

"UMA ESPM": DIVERSIDADE E SINERGIA

Promover a aproximação entre estudantes e professores da graduação, pós-graduação lato sensu e stricto sensu das diferentes unidades da ESPM – São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre – resulta em ganhos fabulosos quando se leva em conta a diversidade de culturas acadêmicas, a amplitude dos interesses temáticos refletidos no conjunto de programas e projetos, a riqueza das experiências pedagógicas, o vocabulário e a cultura regional, a diversidade dos ambientes de trabalho etc.

Exemplos de iniciativas pautadas na integração interunidades são as disciplinas nacionais, que compõem o Core ESPM, o ESPM LifeLab, o Programa de Iniciação Científica (PIC), as semanas temáticas, as atividades que integram o calendário de eventos da promovido pela Instituição, entre outras.

Como funcionam as disciplinas nacionais?